Hospital de campanha do Parque Cecap
Divulgação/Prefeitura de Guarulhos
Hospital de campanha, no Parque Cecap, onde há 46 pessoas internadas, sendo 35 na enfermaria, nove na UTI e duas na sala vermelha


Diferentemente do resto do Brasil, que considerou a terça-feira (2) como o pior dia da pandemia , Guarulhos teve um dia, por assim dizer, menos ruim nos números da Covid-19. A começar pelo número de mortos, o Boletim Epidemiológico divulgado pela Secretaria Municipal da Saúde informa 293 óbitos, o mesmo que ontem. Os números estabilizados são altos. Quase três centenas de famílias estão em luto pelas perdas e muitas outras aguardam a divulgação do laudo médico para ter a comprovação da causa mortis de alguém querido. Sem contar os outros tantos núcleos que estão na torcida por alguém internado nas UTIs superlotadas de Guarulhos. Mas ao menos por um dia esses valores não tiveram acréscimos.

Já o resultado sobre novos casos de contágio por coronavírus continuam crescendo: em relação aos dados informados na segunda (1º) houve 213 testes positivos a mais e o total de casos chegou a 3.269. Além disso, 106 mortes suspeitas seguem em investigação.

A taxa de ocupação dos leitos clínicos destinados a pacientes com suspeita ou confirmação de Covid-19 passou de 75,2% na segunda-feira para 84,1% nesta terça-feira, enquanto que a de UTI, de hospitais municipais e estaduais, registrou leve queda de 100% para 93,6%. No próprio Centro de Combate ao Coronavírus (3C-Gru), onde 53 pessoas estavam internadas, hoje há 46, sendo 35 na enfermaria, nove na UTI e duas na sala vermelha. Uma transferência, um óbito e nove altas foram registrados no local.

    Veja Também

      Mostrar mais