Guti durante live
Reprodução/Facebook/Guti
Prefeito Guti espera baixar índice de ocupação de leitos até sexta-feira para que o comércio possa reabrir na segunda, dia 15

O prefeito Gustavo Henric Costa anunciou o acréscimo de 30 leitos de alta complexidade até sexta-feira (12) na rede municipal de saúde para internação de pacientes com sintomas do novo coronavírus . O anúncio foi feito durante transmissão ao vivo na noite de segunda (8). De acordo com Guti , até terça (9) a cidade deverá disponibilizar dez leitos no hospital de campanha instalado no Parque Cecap e na quarta (10) deverá ter formalizado a contratação de mais 10 UTI s. Um dos hospitais a alugar vaga para o serviço público de saúde é o Hospital Bom Clima . De acordo com o prefeito, uma pessoa já foi encaminhada para tratamento na unidade privada. Guti disse que deverá ter outras 10 vagas em hospitais particulares até sexta.

O prefeito aproveitou a pergunta de um internauta para informar que a UPA Taboão deverá ser inaugurada no final deste mês. A UPA, que já foi o Pronto Atendimento (PA) Paraíso, está com as obras em fase de conclusão. Guti, porém não deu maiores detalhes da inauguração e da capacidade da nova unidade de saúde.

Relaxamento

Nesta segunda-feira, os hospitais públicos de Guarulhos voltaram a apresentar taxa de ocupação perto de 100% para tratamento de pacientes graves com sintomas do novo coronavírus. Esse índice inviabilizaria o relaxamento da quarentena para abertura do comércio . De olho nessa demanda do setor empresarial da cidade, o prefeito e sua equipe estão se esmerando para baixar a ocupação de UTIs e manter a programação do que denomina “reabertura responsável” , anunciada na semana passada.

Leia também:  Guarulhos registra 325 mortes e tem quase 4 mil casos de Covid-19

De acordo com essa programação, a partir de segunda (15), os estabelecimentos comerciais retomam as atividades de forma escalonada. Puxam a fila da retomada de funcionamento as lavanderias, escritórios de advocacia e contabilidade, cartórios, atividades de representação judicial, locadoras de veículos (atendimento 24h se estiver no perímetro do aeroporto), auto-escolas, despachantes, cabeleireiros , barbearias, manicures e similares, lava-rápido, igrejas , templos religiosos e atividades religiosas de qualquer natureza, no horário das 9h às 15h.

Leia também: Guti publica decreto que define regras para reabertura do comércio a partir do dia 15

Na mesma data, mas com abertura e fechamento uma hora mais tarde em relação ao grupo anterior, floriculturas, papelarias, perfumarias, concessionárias e lojas de comércio de veículos (agências de carros), estão escaladas para funcionar no horário das 10h às 16h. Comércios de embalagens também poderão reabrir e terão funcionamento em período mais longo, das 10h às 22h (ou 24 horas se o estabelecimento for dentro do aeroporto).

Cuidados

Esses comércios só poderão abrir nos horários determinados e  terão de estabelecer padrões de higiene, disponibilização de álcool em gel, uso de máscara tanto por funcionários quanto clientes e distanciamento de pelo menos 1,5 metro. O atendimento deverá ser exclusivo, ou seja, as pessoas deverão ser atendidas assim que chegarem ao estabelecimento.

O sistema de transporte coletivo também deverá ser adequado a esse recomeço, tanto na quantidade de ônibus quanto na calibração de horários para suportar o aumento da demanda previsto para os dias subseqüentes à reabertura.

    Veja Também

      Mostrar mais