HMU Covid-19
Divulgação/Prefeitura de Guarulhos
Muitas das pessoas que foram intubadas conseguiram vencer a Covid-19 com o atendimento recebido na rede pública de saúde


Após três meses da confirmação do primeiro caso do novo coronavírus (Covid-19) em Guarulhos, em 17 de março, os hospitais municipais, que recebem os pacientes com maior grau de complexidade da doença , já somam mais de 500 altas. São pessoas que tiveram complicações decorrentes do vírus , muitas delas foram intubadas, mas conseguiram vencer a Covid-19 com o atendimento recebido na rede municipal de saúde .

Somente no hospital de campanha do Centro de Combate ao Coronavírus (3C-Gru), que recebe pacientes em estado mais crítico, foram 275 altas hospitalares nesse período, o que representa uma taxa de cura de 83,58%. Entre as pessoas que foram curadas no 3C-Gru está a funcionária pública da Prefeitura de Caieiras, Carolina Leme Ferreira, de 28 anos, que ficou internada no local 31 dias, 20 deles intubada.

“Se hoje a minha família pode ter a mim de volta é graças aos médicos do hospital de campanha de Guarulhos.  Eles são maravilhosos, é por amor que estão lá”, disse na semana passada, quando o hospital completou dois meses de funcionamento. Carolina e outros pacientes, como o frentista Odair Feil Pereira, de 39 anos, que teve alta do Hospital Municipal de Urgência ( HMU ) no início deste mês, depois de ficar cinco dias na UTI intubado e oito internado , são casos de sucesso no tratamento e de superação diante de tantas complicações que tiveram de enfrentar para vencer a doença

O atendimento no HMU foi maravilhoso. Fizeram tudo o que podiam por ele e graças a Deus meu marido conseguiu se recuperar. Não tenho nem palavras para agradecer”, elogiou a esposa de Odair.

Respiradores

Na terça-feira (16), o governo do estado enviou para Guarulhos nove respiradores , que transformam leitos comuns em UTIs . Os nove equipamentos testados e calibrados serão instalados no Hospital Padre Bento , administrado pelo Estado.

    Veja Também

      Mostrar mais