Média Móvel de mortes do dia 09.08.2020
Reprodução/Governo de SP
Variação para cima foi pequena e mantém tendência de desaceleração no número de mortes em Guarulhos

A média móvel de mortes em Guarulhos teve ligeira alta neste domingo (9) em relação a sexta-feira (7), data com menor índice em três meses. De acordo com os dados informados pelo hotsite da Fundação Seade, que atualiza as informações diárias da Vigilância Epidemiológica do governo de São Paulo , neste domingo (9), a cidade registrou 4,43 mortes diárias, em média, contra 3,71, na sexta, em relação às duas semanas anteriores. Dados mais próximos ao de sexta só foram registrados nos dias 3 e 4 de maio, quando se calculou 3,57 óbitos. O dia com média móvel mais alto foi 25 de julho, com 18,14 mortes.

Os números médios são calculados com base nos óbitos verificados nos últimos 14 dias. Servem para observar a tendência das estatísticas, reduzindo as variações bruscas que ocorrem nos números diários – especialmente após finais de semana e feriados quando os laboratórios diminuem as informações sobre mortes e novos contágios . Os números represados acabam sendo liberados de uma só vez no primeiro e segundo dias úteis seguintes, o que acaba impactando, por exemplo, nas segundas e terças-feiras.

Apesar das leves oscilações, a queda no índice de mortes em Guarulhos é visível nos gráficos. Se observada a variação em relação á última semana, o decréscimo foi de 20,5%. No sábado a cidade registrou 1.105 mortes. Para se ter idéia da perda de vidas por complicações do novo coronavírus desde o início da pandemia é como se um avião A 330, com capacidade para 275 passageiros, caísse a cada 35 dias na cidade e não deixasse sobreviventes.

Guarulhos tem ainda 16.619 pessoas infectadas pela doença e média móvel de contágio de 133,14. O pico médio de contágio mais alto aconteceu em 2 de julho: 242,57. A queda em relação a última semana é de 21,5%.

    Veja Também

      Mostrar mais