Polícia Civil de Guarulhos; 4º DP Jardim Alvorada
José Cruz/Agência Brasil
A ação, coordenada pelo 4º DP de Guarulhos, chegou à quadrilha após trabalho de investigação e inteligência nas últimas semanas

Em operação para cumprir 60 mandatos de busca e apreensão e 22 de prisão temporária a Polícia Civil de Guarulhos desmantelou quadrilha envolvidas com lavagem de dinheiro, tráfico de drogas e roubo a bancos, nesta quarta-feira (03).  Denominada “Soldi Sporchi” (dinheiro sujo), a operação realizou busca e apreensões na capital e em 11 cidades da região metropolitana, além de Jacareí, e deteve 12 pessoas, dez homens e duas mulheres.

A ação, coordenada pelo 4º DP de Guarulhos, chegou à quadrilha após trabalho de investigação e inteligência nas últimas semanas que indicou  ilegalidade em negócios, como clínicas médicas e odontológicas, mantidos pelo grupo preso na operação.

Durante as investigações a polícia descobriu ainda que quadrilha estava também envolvida em negócios no setor público, participava de licitações, criou organizações sociais e adquiriu empresas. Os agentes apreenderam com o grupo 14 veículos, inclusive modelos de luxo, carretinha, moto aquática, armas de vários calibres, munições, dois carregadores de armas, computadores, documentos e R$ 390 mil em moedas estrangeiras.

Uma das pessoas detidas é o ex-secretário de Assuntos Jurídicos e Segurança da cidade de Arujá, Carlos Roberto Vissechi. A prefeitura informou que vai colaborar com a polícia nas investigações sobre a conduta do ex-servidor e também sobre possíveis contratos celebrados com as empresas suspeitas durante o período em que exerceu o cargo.

    Veja Também

      Mostrar mais