Fachada do TCE-SP
Divulgação/TCE-SP
Decisão do TCE transitou em julgado

A decisão do Tribunal de Contas do Estado (TCE) referente à aprovação das contas da Prefeitura de Guarulhos no exercício de 2017, primeiro ano de mandato do prefeito Gustavo Henric Costa (PSD), transitou em julgado, o que significa que não cabem mais recursos. A ratificação por parte do TCE ocorreu em 24 de junho. No final do ano passado a decisão do tribunal seguiu o relator do processo , o conselheiro Dimas Ramalho , e foi concluída por 3 votos a 0.  

A sustentação oral de defesa das contas de Guarulhos foi efetuada pelo próprio prefeito Guti em 26 de novembro de 2019. Na ocasião, ele pôde justificar as ações em relação à administração das finanças do município . “Esta decisão é o reconhecimento do bom trabalho que nossa equipe vem realizando à frente da cidade”, ressaltou.  

Guarulhos não tinha aprovação das contas pelo TCE desde 2004. Durante os 16 anos do governo petista, em apenas dois deles houve parecer favorável do TCE. O ex-prefeito Elói Pietá teve as contas rejeitadas nos anos de 2001 e 2002 e entre 2005 e 2008. Já Sebastião Almeida teve todas as suas contas, entre 2009 e 2016, rejeitadas pelo Tribunal de Contas do Estado. 

    Veja Também

      Mostrar mais