Ponto de ônibus de Guarulhos
Ricardo Filho/iG Guarulhos
No início do mês a prefeitura recorreu de decisão da Justiça que a obrigava a disponibilizar 100% da frota: risco de responder por improbidade


A Prefeitura de Guarulhos voltou atrás em sua decisão e vai colocar 100% dos ônibus nas ruas da cidade a partir desta segunda-feira (25). O anúncio feito pelo  prefeito Gustavo Henric Costa (PSD) durante transmissão ao vivo, na noite de sexta-feira (24), contradiz a própria ação da prefeitura de três semanas atrás, quando o município recorreu de decisão judicial que o obrigava a disponibilizar para a população 100% dos 867 ônibus da frota .

Na live de sexta, Guti  justificou a medida: "Pra garantir uma maior saúde, a gente tá determinando que a partir de segunda-feira, Guarulhos retome 100% da frota pra garantir maior segurança de todos, principalmente dos idosos", afirmou.  Na quinta-feira (23), a prefeitura havia cedido à pressão de representantes dos idosos e restabelecido o funcionamento dos cartões Sênior (o bilhete único do idoso). O passe estava suspenso desde o dia 22 de junho a pretexto de reduzir as aglomerações no transporte público , juntamente com o Bilhete Único Escolar e o Passe Livre Estudantil.

LEIA TAMBÉM:

Frota de ônibus chega a quase 70% nesta segunda, informa a Prefeitura

Trabalhadores e consumidores voltam na segunda; ônibus a mais serão 7,7%

Guarulhos derruba liminar que a obrigava a manter 100% dos ônibus

No início do mês, o Sindlotação (Sindicato dos Trabalhadores Autônomos em Lotação de Guarulhos) propôs ação judicial para que a cidade oferecesse frota integral à população . As aglomerações nos  coletivos  são uma das principais reclamações dos passageiros que utilizam o sistema de transporte público nos horários de pico. A ação foi acolhida pela Justiça e em live, no dia 30 de junho, Guti afirmou que iria acatar a decisão. Em vez disso, recorreu da liminar e conseguiu derrubar a decisão provisória , anunciando no dia 7 de julho a manutenção da frota em torno de 65% a 70%.

Enquanto essa discussão acontecia,Guarulhos foi alçada à fase amarela do Plano São Paulo e foi autorizada a abrir novos setores da economia , como bares, restaurantes, academia e salões de beleza. A flexibilização colocou mais pessoas nas ruas, mas a prefeitura aumentou em apenas 7,7% a frota . Na ocasião, o secretário de Justiça, Airton Trevisan, justificou a decisão: "Deveremos chegar, no mínimo, a 70% da frota nesta semana, de acordo com a retomada econômica . Se retomarmos 100% enquanto menos da metade das pessoas usam ônibus, vamos responder por improbidade , por gastar dinheiro público em uma algo proporcionalmente não necessário".

    Veja Também

      Mostrar mais