Colação de grau drive-thru
Divulgação/Lupacom Comunicação
O uso de máscaras foi obrigatório para todos os participantes, que só puderam tirá-las na hora das fotos


Em tempos de pandemia e necessidade de distanciamento social , a criatividade é convocada para não se perder a tradição. Aquela conhecida solenidade da colação de grau nas escolas deu lugar a uma forma diferente de celebração. Já ouviu falar em formatura no “sistema drive-tru? Pois é, essa foi a forma encontrada pelo Eniacinstituição de ensino com foco em tecnologia com cursos regulares do ensino básico ao superior – para entregar 101 diplomas aos formandos do ensino superior .

O evento ocorreu no estacionamento da instituição (Rua Força Pública, nº 89, centro de Guarulhos ), no último dia 15. Para criar o clima de colação de grau, o local foi especialmente decorado e os alunos chegaram ao local de recebimento dos “canudos” em automóveis. A concepção do evento foi planejada conjuntamente entre a Prisma Produções, empresa especializada em organização de eventos, e a faculdade .

Na chegada, todos os ocupantes do veículo - o aluno e três convidados no máximo - tiveram suas temperaturas aferidas. Se houvesse algum indício de febre entre eles, o motorista seria proibido de prosseguir no circuito. Não houve.

Além disso, o uso de máscaras foi obrigatório para todos os participantes, que só puderam tirá-las e colocá-las em sacos plásticos individuais na hora das fotos. Totens com álcool em gel e tapetes sanitizantes também foram distribuídos em pontos do estacionamento para a higienização adequada dos presentes.

Formada em administração de empresas, Gabriela Ribeiro foi uma das pessoas que receberam o diploma durante a cerimônia . "Imaginei que seria mais simples do que foi. Fiquei feliz por terem feito até uma decoração para nós, formandos, pois estudamos tantos anos com a expectativa de chegar à colação e acredito que muitos pensaram que nem iria ter mais. Foi bem legal, com todos os cuidados necessários", destacou Gabriela.

A agora administradora também relatou que apesar de a formatura ter sido diferente em relação àquelas pré-pandemia, o evento já está em sua memória com muito carinho. "No final, o pessoal que estava trabalhando aplaudiu e gritou na saída com o carro. Foi uma sensação incomum e especial pelo momento em que estamos. Acredito que todos, e me incluo nessa, sentiram-se muito especiais pelo fato de a faculdade ter proporcionado esse momento", disse.

Fundador do Eniac, professor Ruy Guérios também elogiou todo o zelo que houve no evento. "Senti mais do que satisfação. Fiquei emocionado, lisonjeado e orgulhoso de cada um que trabalhou para fazer a cerimônia ser possível. A formatura foi fantástica porque mantivemos a emoção inerente a uma colação de grau e, ainda, não desrespeitamos os protocolos necessários para frear a disseminação do coronavírus. Mais uma vez, o Eniac se reinventou, inovou e encontrou soluções às demandas da sociedade", concluiu.

    Veja Também

      Mostrar mais