Centro de Guarulhos
Ricardo Filho/iG Guarulhos
Guarulhos precisa permanecer por 28 dias na fase amarela para alcançar o direito de reabrir cinemas, bibliotecas, museus e outras áreas


O governador João Doria anunciou nesta sexta-feira (31) a nona atualização do Plano São Paulo de enfrentamento ao coronavírus e flexibilização gradual e faseada da economia .  Guarulhos continua na fase 3 , amarela, juntamente com as cidades do grupo Grande São Paulo Leste-Alto Tietê , formado por Arujá, Biritiba-Mirim, Ferraz de Vasconcelos, Guararema, Itaquaquecetuba, Mogi das Cruzes, Poá, Salesópolis, Santa Isabel e Suzano.

Nesta fase, a cidade está autorizada a funcionar bares, restaurantes, salões de beleza com 40% da capacidade, além de academias com 30% de vagas e expediente diário de até 6 horas. A permanência por 28 dias seguidos nesta etapa também permite a reabertura, com limitações, de espaços culturais como museus, bibliotecas, cinemas, teatros e salas de espetáculos. Guarulhos foi alçada à fase amarela em 13 de julho .

LEIA TAMBÉM:

Plano São Paulo sofre mudanças para facilitar acesso de cidades à fase verde

Consulta em Guarulhos sugere que 85% dos pais não querem a volta às aulas agora

Estado prorroga quarentena até 10 de agosto; Guarulhos segue na fase amarela

A última atualização do Plano São Paulo não trouxe muitas alterações, exceto para a região do Vale do Riberia , o qual teve 15 cidades rebaixadas à fase 1, vermelha,  de restrição total de atendimento presencial em comércios e serviços não essenciais . Nas demais regiões, a classificação se manteve em relação à avaliação da semana passada. O governo paulista alterou ainda os dias de realizações das coletivas de imprensa para atualização das informações. A partir da próxima semana, elas acontecem somente às segundas, quartas e sextas.

    Veja Também

      Mostrar mais